VIAGEM TEMÁTICA | ALTO ALENTEJO | 6 DIAS

Mesa Alentejana

2023 | 24 a 29 Abril | 4 a 9 Dezembro

Neste Programa Gastronómico, somos invadidos pelos sabores e aromas únicos do Alentejo… Vamos caminhando entre os produtos da terra, as cozinhas, as histórias e as gentes, para encontrarmos os melhores pratos de outros tempos que se juntam numa harmonia perfeita com os vinhos da região – um momento único para os seus sentidos e emoções na imensidão da planície Alentejana.

Tema:
Gastronomia, Caminhada, Escultura, Cavalos, Paisagens, Culinária, Património, Falcoaria.

Duração e extensão:
6 dias, num total de cerca de 300 km.

Territórios:
Marvão, Galegos, Castelo de Vide, Portalegre, Alter do Chão, Elvas, Évora.

2.100,00 € por participante

6 dias

Datas 2023:
24 a 29 Abril
4 a 9 Dezembro

As reservas estão sujeitas a validação de disponibilidade e opções.
Clique para solicitar a sua reserva.

Itinerário

Chegada à Quinta do Barrieiro, em pleno Parque Natural da Serra de São Mamede, com visita ao Parque de Esculturas da Escultora Maria Leal da Costa. Visita à Galeria da Escultora, onde será servida uma infusão biológica.

Jantar
É na Quinta do Barrieiro que damos inicio ao momento da “Cooking Class With Art” com a preparação das entradas e um copo de vinho da região na mão: enquanto se cozinha, e entre muita conversa, descobrimos a história gastronómica do Alentejo.

Alojamento na “Quinta do Barrieiro”.

Manhã
Dependendo da época do ano, ou passamos a manhã com os produtores da região e descobrimos a história e a importância de alguns dos recursos mais ricos da região como a Castanha, a Maçã de Esmolfe ou as Ervas Aromáticas; ou enveredamos pelos Cogumelos Selvagens, onde aprendemos a distinguir os comestíveis dos venenosos e de que forma os podemos transformar em iguarias.

(Opcional)
Passeio a Cavalo no Parque Natural da Serra de S. Mamede com a duração de cerca de 1 hora.

Chegada ao espaço TerriuS, um antigo Moinho de Água, explicação sobre o espaço original e, de seguida, degustação de produtos Terrius acompanhada de vinhos da região. 

Almoço
Almoço no restaurante “Varanda do Alentejo” com uma vista única e uma das melhores cozinhas da região: pão, paio, queijo de Nisa, azeitonas e azeite de Marvão, sopa de tomate, migas de batata (as migas tradicionais de Marvão) com carne de porcosericaia a finalizar e tudo acompanhado com vinhos da região.

Tarde
Visita à Vila de Marvão, vila medieval rodeada por uma muralha contínua e intacta, de onde é possível experimentar vistas deslumbrantes. Seguimos com visita ao Lagar Museu de Galegos – pequena aldeia muito próxima de Espanha – para ficar a conhecer todos os equipamentos e a forma como era levada a cabo a produção de azeite. Terminamos com uma prova de azeites.

Dedicamo-nos à pequena cidade de Castelo de Vide, em visita livre, uma das jóias da região do Alto Alentejo: visitamos a Igreja Matriz, as fontes renascentistas, as reputadas águas terapêuticas, a Judiaria e subimos ao incontornável Castelo.

Jantar
Jantar livre em Castelo de Vide.

Alojamento na “Quinta do Barrieiro”.

Manhã
Seguimos com uma visita à Quinta da Fonte Souto, uma propriedade e marca de vinhos da família Symington, na região de Portalegre que se destaca pela sua qualidade: visitamos a adega e fazemos uma prova de vinho.

Almoço
Almoço em Alter do Chão, no restaurante “Páteo Real”, recheado de sabores tradicionais: as entradas típicas do Alentejo, bochechas de porco preto ou entrecosto com migas de espargos, com encharcada a finalizar. Tudo acompanhado com vinhos da região.

Tarde
Visita à incontornável Coudelaria de Alter onde os Puro-sangue Lusitanos e a Falcoaria Património da Humanidade, na instituição fundada em 1748 pelo Rei D. João V, esperam por nós.

Chegada a “Torre de Palma Wine Hotel”: com os seus primórdios a remontar ao ano de 1338, o Torre de Palma Wine Hotel inspira-se no modo de vida da distinta família Basilii (antigos habitantes das vizinhas ruínas romanas de Torre de Palma) e agora, também, nas tradições alentejanas.

Visita às vinhas e à horta, sempre em grande contacto com a natureza, terminando com uma incrível experiência gastronómica na cozinha privada de Torre de Palma. Todo o jantar será executado em live cooking onde terá a possibilidade de participar na preparação de cada prato e conhecer algumas das técnicas e segredos dos Chefs.

Alojamento no Torre de Palma Wine Hotel”.

Manhã
Já em Elvas, cidade que viu as suas fortificações serem classificadas pela UNESCO em 2012, percorremos o Centro Histórico, passando pela Catedral de Elvas, pela igreja do Antigo Convento das Freiras de S. Domingos, pelo Castelo e, claro, ficamos a conhecer a famosa Ameixa de Elvas, no museu dedicado a este tema.

Almoço
Vamos até S. Vicente para almoçar no restaurante “Pompílio”, onde podemos escolher pratos de caça, revoltos com espargos, arroz de lebre, migas com entrecosto… tudo o que seja gastronomia alentejana, encontraremos aqui.

Tarde
Subimos ao Forte da Graça, um dos melhores e mais genuínos exemplos da arte fortificada europeia.

Avançamos para Évora.

Jantar livre.

Alojamento em Évora no “The Noble House” ou  “M’AR De AR Muralhas”.

Manhã
Começamos a nossa incursão cultural com a “Évora Desaparecida” – uma forma única de descobrir o património histórico e artístico de uma Évora que já não existe, num percurso pedestre por conventos, igrejas e outros espaços destruídos ou fragmentados, “vítimas” do progresso do final do século XIX: munidos de fotografias de há mais de 100 anos, descobrimos uma Évora Património da Humanidade desaparecida…

Terminamos com uma prova simples de vinho da região.

Almoço
Almoço e início da tarde livre para descobrir outros sabores e histórias da cidade.

Final da Tarde
Numa Herdade Alentejana, produtora do bom vinho da região, teremos uma visita à vinha com o engenheiro responsável: para depois desfrutar de um pic-nic ajantarado com petiscos e iguarias alentejanas.

Alojamento em Évora no “The Noble House” ou  “M’AR De AR Muralhas”.

Dia livre até à hora da partida.

Condições

  • Mínimo de 4 participantes;
  • Possibilidade de transfer desde ou para outros locais em todos os programas, com orçamentação própria;
  • Os preços apresentados são para quarto duplo. Estadia em quarto single acresce suplemento extra.
  • O programa poderá estar sujeito a alterações decorrentes da disponibilidade dos parceiros. A PHT compromete-se a informar destas alterações tão cedo quanto possível.
  • A reserva só será válida com o pagamento do total ou de 30% do valor do programa.
  • Reserva com 60 dias de antecedência mínima.
       Inclui
  • Tour com Escultora no dia 1;
  • “Cooking Class with Art” com jantar no dia 1;
  • Manhã com os produtores ou nos Cogumelos Selvagens no dia 2;
  • Marvão no dia 2;
  • Museu de azeite e prova de azeite no dia 2;
  • Prova de produtos regionais nos dias 2;
  • Visita e prova de vinhos na “Quinta da Fonte Souto” no dia 3;
  • Coudelaria de Alter no dia 3;
  • Elvas e visita à Catedral, à Igreja do Antigo Convento das Freiras de S. Domingos , ao Castelo e ao Forte da Graça no dia 4;
  • Évora Desaparecida Tour no dia 5;
  • Visita a adega, prova de vinhos e pic-nic numa Herdade alentejana no dia 5;
  •  Intérprete do Património em todo o programa;
  • Transporte durante todo o programa;
  • Alojamento 5 noites em quarto duplo com pequeno-almoço;
  • Seguro de acidentes pessoais;
  • IVA à taxa legal em vigor.
       Não inclui
  • Voos ou outra forma de transporte até Portugal;
  • Refeições não mencionadas no programa;
  • Despesas pessoais;
  • Seguro de viagem.

Rita Martins e Filipe Fernandes

A Rita é Engenheira Zootécnica com Mestrado em Segurança Alimentar e Inovação e, atualmente, Doutoranda em Agrichian – Inovação Alimentar. É especialista no desenvolvimento de produtos alimentares, em produtos do território, na sua história e gastronomia. O Filipe é Engenheiro Agrónomo, Master of Science, eMBA e, atualmente, Doutorando em Alterações Climáticas e Políticas de Desenvolvimento Sustentável. É especializado em comunicação e marketing, em turismo gastronómico e a valorização dos produtos. Juntos criaram a TerriuS, para produzirem de forma sustentada produtos silvestres, frutos e hortícolas de excelência com origem na Serra de S. Mamede, no Alto Alentejo.

Resumo

Territórios

Marvão, Galegos, Castelo de Vide, Portalegre, Alter do Chão, Elvas, Évora.

ACTIVIDADES

Gastronomia, Caminhada, Escultura, Paisagens, Culinária, Património, Falcoaria.

ALOJAMENTO

Quinta do Barrieiro; Torre de Palma; M’AR de AR Muralhas; The Noble House.

Lotação e reservas

Mín: 4
Reserva até 60 dias de antecedência.

Scroll to Top